O que está faltando?

Uma amiga anda angustiada. Mas ela não sabe bem com o que. Cada dia inventa uma coisa, uma frustração, uma saudade, um cara. E na verdade, ela não ama ninguém. Parece que nem a si mesma. Ou esqueceu de quem é. E aí, precisa do olhar de um cara para falar a ela quem ela é. E fica frustrada, porque parece que não sabe dar as respostas que ela mesma pergunta. Eu valho a pena? Sou interessante? Sou sensual? O que eu quero? 
Ela anseia por olhares de aprovação. Torce forte para o amor chegar. E todo carinha que aparece, ela fantasia que, enfim, chegou. Não pára para observar o que sente, o que vê, quem ele é. Decidiu que vai ser ele e pronto. E se frustra, mais uma vez. 
Em vez de esperar o amor chegar, se prepare para ele. Como? Cultivando o amor por si própria e pelos que estão perto de você agora, no presente. Seja amigo, vizinho, parente. Cultive a arte de encantar-se com tudo o que há para se deslumbrar na vida. Pode ser um pôr do sol, um dia de chuva, uma música que faz você querer dançar, um filme que te toca, envolva-se na história do livro que está lendo, ou no caso que sua amiga está contando. Isso tudo é amor. Amor pela vida. E quando a gente ama a vida, a vida passa a amar a gente. E você se torna linda. Seus olhos brilham, os ventos acariciam seus cabelos, sua pele sente o calor do sol, sua língua aprecia o gosto das coisas. 
Por que as garotas costumam achar que precisam sempre estar apaixonadas por um cara? Por que sentir-se incompleta só porque falta um pedacinho que na verdade não falta, porque só falta o que perdeu-se. Se ainda não se teve, não falta. Até agora, você é completa assim. Mas convenceu-se do que viu nos filmes: de que ser completa é estar com um ser do sexo oposto de mãos dadas contigo. 
Pensa bem: como é bom estar livre. Com o coração aberto. Enquanto você estiver preenchendo sua mente e seu coração de amores inventados (ou passados), não terá tempo de ver o que se passa lá fora. Ninguém novo vai entrar porque toda a sua energia estará focada no que não existe, numa realidade interior criada por você.
Por que precisar ter um homem ao seu lado para se afirmar como mulher? Você já não sabe que você é mulher e tem o seu valor independente de ter alguém o tempo todo reafirmando e demonstrando que te ama? 
Distraia-se de si mesma um pouco. Olhe pra fora em vez de olhar o tempo todo pra dentro. Deixe a nostalgia de lado  e o mundo vai te preencher com novidades.  
Assim, e só assim, você voltará a enxergá-lo com olhos de criança, e deslumbrar-se com o que pode aparecer. 
Aproveite a vida enquanto ele não aparece, porque depois, a vida será outra.
E aí?
Você vai sentir-se incompleta porque perdeu a vida de solteira que tinha antes?

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

6 comentários:

clebao disse...

as vezes estamos tão desesperado em busca do amor que ele pode estar na nossa frente que não vemos.
essa procura louca pelo grande amor perdemos tantas experiências que serviriam pra nos preparar pro amor

Sandro Honorato disse...

Gostei do texto.
AS vezes é tão facil viver a vida como ela é ...sem se preocupar em encontrar um amor.

Visita o meu blog por favor?Novo poema.
RIMAS DO PRETO

Beijos

Ingrid C. dos Santos disse...

o melhor da vida é vivê-la intensamente sem medo de ser feliz.
o melhor é deixar as coisas acontecerem naturalmente.


tem selinho para vc em meu blog!
passa lá
beijos

Wesley Borges disse...

E aí, tudo bem? Vi seu blog numa comunidade do orkut sobre divulgação de blogs. Envie seu banner para o meu blog que eu colo na página principal. E entre no meu blog, escolha um banner do meu blog e cole no seu, para a gente ser parceiro de banner. O blog é este aqui:
http://diazdezumbi.blogspot.com/

Bjs!

Priscila pink*Star disse...

http://priscilapinkstar.blogspot.com/

Minha linda tem selinho novo pra vc no meu blog corre láá beijinhos :D

Cinthya disse...

Gostei do texto é a vida trás medos e receios, basta seguirmos em frente e continuarmos...
Bjoo
http://patexnha.blogspot.com/
@patexnha

Postar um comentário